Olá visitante, seja Bem Vindo

Fazer Login

Agenda de Eventos

17/04/2015

Pense Globalmente para agir Localmente

Objetivo: Provomer a integração entre os Associados e Despertar o interesse dos Associados para o conhecimento e tecnoligias já disponíveis.

Local: Restaurante Mangiare

Data: 17/04/2015

Horário: 19:30 min

 

25/03/2014

Palestra Manejo da Cultura Canola para Altas Produtividades

Palestra Manejo da Cultura Canola para Altas Produtividades Palestrante

Eng. Agrônomo Luiz Gustavo Floss

Diretor Grupo Floss

Mestre em Produção Vegetal

Data: 25/03/2014 terça-feira

Horário: 19:30 hs

Local: Restaurante Mangiare - Vacaria - RS

17/03/2014

Curso Presencial en Agricultura de Precisión

En esta jornada de capacitación recorreremos los beneficios de implementar AP: eficiencia + control.
Además, realizaremos algunos ejercicios prácticos con nuestras herramientas GIS, que facilitan la adopción de estos nuevos métodos de manejo agronónico. 
El curso se realizará el lunes 17 de marzo próximo de 14 a 18 hs. en la sede de la Sociedad Rural de Rosario, ubicada en Córdoba 1826.
La inscripción tiene un costo de $300 y $150 para estudiantes. 

Más información: Tel 0341 – 4257159 / 4213453 o via mail a contacto@ruralrosario.org.

10/03/2014

15ª Expodireto Cotrijal

O constante avanço tecnológico é a garantia de novidades na 15ª Expodireto Cotrijal, que acontecerá de 10 a 14 de março em Não-Me-Toque.

11/02/2014

ENFISA 2014

Hotel Dayrell: Rua Espírito Santo, 901, Centro, Belo Horizonte, MG

Inscrições pelo site: www.enfisa.com.br

Organização do ENFISA 2014: Agropec Consultoria

Informações sobre o ENFISA: Polyana Karine Silva (polyana.karine@defesaagropecuaria.com)

13/12/2013

11º Feira de Pequenas Frutas, Artesanato e Mel

1º Feira de Frutas Nativas do RS.

Nos dias 13,14,15 de dezembro de 2013 acontecem no Mercado Público Municipal de Vacaria/RS a 11º Feira de Pequenas Frutas, Artesanato e Mel e 1º Feira de Frutas Nativas do RS.

Confiram a programação e Participem !

09/12/2013

Caravana Embrapa - Helicoverpa‏

Prezado(a) Senhor(a),

Convidamos para participar das palestras sobre controle deHelicoverpa armigera durante a Caravana Embrapa de Alerta às Ameaças Fitossanitárias, no período de 9 a 13 de dezembro de 2013. O evento é destinado a técnicos, extensionistas rurais e lideranças. 

Att,

Luiz Henrique Magnante
Serviço de Atendimento ao Cidadão
Embrapa Trigo
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)
Passo Fundo/RS

 

 

28/10/2013

Abrasem

Campanha sobre boas práticas de manejo nas lavouras de milho Bt

Em continuidade à campanha nacional de conscientização que já passou por cinco Estados, a Abrasem (Associação Brasileira de Sementes e Mudas) promoverá no dia 5 de novembro, terça-feira, em Rio Verde (GO), uma palestra com o entomologista José Magid Waquil sobre as boas práticas de manejo nas lavouras de milho Bt, o milho geneticamente modificado resistente a pragas, que possibilita a racionalização do uso de defensivos e a proteção do potencial de rendimento da lavoura. O encontro será às 19 horas no Hotel Vitória Régia, localizado na Praça 5 de agosto, no Centro.

Na palestra, os agricultores de Rio Verde e cidades vizinhas serão conscientizados sobre a importância do manejo da resistência de insetos para evitar o processo de seleção de insetos-praga resistentes às toxinas produzidas pelas plantas geneticamente modificadas e preservar a eficiência e o potencial da tecnologia Bt, evitando prejuízos à lavoura.

Iniciada em julho, a campanha da Abrasem já orientou agricultores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. Depois de Goiás, será realizado ainda um encontro no Estado de Mato Grosso, no município de Lucas do Rio Verde.

Além das palestras, a campanha conta com anúncios nos veículos de comunicação especializados no setor e distribuição de material explicativo. O site do projeto (www.boaspraticasogm.com.br) é outra importante ferramenta da ação, trazendo todas as informações necessárias para o produtor, incluindo dados técnicos, além de artigos e a programação de palestras.

Coordenada pela Associação Paulista dos Produtores de Sementes (APPS), a campanha é resultado de um grupo de trabalho da Abrasem, com a participação de técnicos das empresas produtoras de sementes, e conta com o apoio da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

Sobre a tecnologia do milho Bt

O milho Bt é obtido por meio da transformação genética de plantas de milho com genes da bactéria Bacillus thuringiensis (Bt), fazendo com que a planta produza proteínas tóxicas para algumas espécies de insetos. A tecnologia, criada em 1997 nos Estados Unidos, espalhou-se rapidamente devido a sua eficiência e há pouco mais de cinco anos é utilizada no Brasil, representando atualmente cerca de 80% das sementes de milho comercializadas no país.

Mesmo com a produção contínua das toxinas ao longo do ciclo, as plantas Bt podem não controlar todas as pragas existentes, pois na população dessas podem existir indivíduos naturalmente resistentes. Daí a importância do manejo da resistência de insetos (MRI).

José Américo Pierre Rodrigues, superintendente executivo da Abrasem, explica que investindo ao mesmo tempo no plantio de refúgio (plantio de áreas de milho não Bt adjacentes à plantação de milho Bt) e em outras práticas como a dessecação antecipada seguida de inseticida, controle de plantas daninhas, tratamento de sementes, monitoramento seguido de inseticida e rotação de culturas, o produtor conseguirá garantir a longevidade da tecnologia.

Na opinião dos pesquisadores, a melhor maneira de evitar o desenvolvimento de populações de insetos resistentes ao milho Bt é combinar lavouras de milho Bt com áreas plantadas com híbridos sem a tecnologia Bt. Dessa forma, os poucos possíveis insetos resistentes que sobreviverem na lavoura Bt irão cruzar com insetos suscetíveis presentes na lavoura de milho não Bt. Algumas possibilidades de "desenho" da lavoura, utilizando refúgio, estão disponíveis no site da campanha.

O consultor José Magid Waquil, contratado para comandar as palestras, considera a  campanha de conscientização fundamental para a preservação de uma tecnologia de grande valia para a agricultura nacional.  “O produtor precisa entender que a capacidade da ciência não é infinita e que ele precisa fazer a parte dele”, resume.

Waquil acrescenta que a receptividade nos encontros tem sido excelente. “Os agricultores têm se mostrado interessados em aprender e em executar as medidas preventivas. A adesão dos agricultores de Goiás será fundamental para nossa campanha”, afirma.

Cássio Camargo, diretor executivo da APPS, comemora os bons resultados que vêm sendo obtidos com a campanha em todo o país e explica que, além de exigir uma quantidade muito menor de pulverizações, o milho Bt tem maior produtividade, tornando-se muito mais rentável.  “Essa tecnologia é muito valiosa para a agricultura nacional, por isso estamos apostando na conscientização dos produtores para preservá-la”, resume.

As boas práticas de manejo da resistência de insetos:

1 - Adoção de áreas de refúgio – O plantio e a manutenção das áreas de refúgio representam o principal componente do plano de Manejo Integrado da Resistência (MIR) das culturas Bt. O objetivo do refúgio é manter uma população de insetos-praga-alvo da tecnologia Bt sem exposição à proteína Bt.

2 - Dessecação antecipada seguida de inseticida – As culturas antecessoras, assim como as plantas daninhas e voluntárias presentes no ambiente, podem hospedar as principais pragas que atacam a cultura do milho na fase inicial, influenciando a espécie predominante e a pressão inicial das pragas. Assim, no sistema de plantio direto, a pressão de pragas na fase inicial da cultura pode ser maior quando comparada ao sistema de plantio convencional.

3 - Controle de plantas daninhas – Algumas plantas daninhas podem hospedar insetos-praga das culturas subsequentes, permitindo que uma quantidade significativa sobreviva nas áreas de cultivo no período da entressafra. Além disso, ervas daninhas podem ser fontes de lagartas em ínstares mais avançados, as quais apresentam maior dificuldade de controle pela tecnologia Bt.

4 - Tratamento de sementes – O Tratamento de Sementes (TS) é uma prática que visa o controle de pragas subterrâneas e iniciais da cultura, período de grande suscetibilidade às pragas. Os danos causados por essas pragas resultam em falhas na lavoura devido ao ataque às sementes após a semeadura, danos às raízes após a germinação e à parte aérea das plantas recém-emergidas.

5 - Monitoramento seguido de inseticida – O monitoramento é fundamental. A partir dele, toma-se a decisão de realizar ou não uma aplicação complementar de inseticida na lavoura.

6 - Rotação de culturas – A rotação de culturas consiste em alternar o plantio de diferentes espécies de culturas na mesma área agrícola. Com ela, o produtor melhora as propriedades físico-químicas do solo e reduz a população inicial de alguns insetos-praga da cultura.

Serviço

Palestra sobre “Manejo Integrado da Tecnologia Bt”, com o consultor José Magid Waquil, PHD em entomologia
Quando: dia 5 de novembro, terça-feira, às 19h
Onde: Hotel Vitória Régia (Praça 5 de agosto, 621, Centro, Rio Verde, GO)

Apoio: Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária)

Entrada gratuita


Fonte:Agrolink com informações de assessoria

10/10/2013

ExpoVac 2013

De 10 a 13 de outubro

O evento será realizado de 10 a 13 de outubro no parque de exposições Nicanor Kramer da Luz. Este ano com algumas novidades como maior envolvimento de empresas do município e da prefeitura. Está previsto ainda a realização de 10 shows durante a exposição. Além disso exposição e julgamentos de animais bovinos e ovinos e ainda equinos crioulos. O presidente da Associação José Atílio Muricyu destaca que a Expovac vem passando por uma reformulação.

04/10/2013

Confraternizações Associados ASAV

Dias 4, 5 e 6 de Outubro

Nos dias 4, 5 e 6 de Outubro os associados da ASAV terão evento de confraternização antecipada ao Dia do Engenheiro Agrônomo. 

Confira a programação:

Dia 04 (sexta-feira): Festa no Bar do Gugo, a partir das 21h, com música ao vivo; 

Dia 05 (sábado): Futebol e Truco, a partir das 14h, na Sede da Associação dos Motoristas, com jantar a noite; 

Dia 06 (domingo): Almoço e confraternização, a partir das 10h, na Sede da Associação dos Motoristas. 

Informações: 3232-0037, com Juliana 

Participe!

Conheça nossos Associados

Veja lista Completa flecha
  • Ermano Varaschin Jr.

    Especialidade: Fruticultura
    Atividade: Produtor

    Visualizar perfil
  • Eduardo José Deluchi

    Especialidade: Georreferenciamento, Pericia Agricola e Ambiental.
    Atividade: Assistência Técnica e Assessoria.

    Visualizar perfil
  • Carlos Roberto Albino Pucci

    Especialidade: Grãos
    Atividade: Assistência Técnica

    Visualizar perfil
  • Giovani da Costa Menegati

    Especialidade: Grãos
    Atividade: Assistência Técnica

    Visualizar perfil
  • Abel Lisboa Vieira

    Especialidade: Grãos
    Atividade: Assistência Técnica

    Visualizar perfil
  • Vitor Hugo Borges Vieira

    Especialidade: Grãos
    Atividade: Assistência Técnica

    Visualizar perfil
  • Genor Mussatto

    Especialidade: Fruticultura
    Atividade: Assistência Técnica

    Visualizar perfil
  • Narciso Barison

    Especialidade: Grãos
    Atividade: Produtor

    Visualizar perfil
  • Raul Michel Lorenzi

    Especialidade: Grãos
    Atividade: Vendas

    Visualizar perfil
  • André Luís Giaretta

    Especialidade: Horticultura
    Atividade: Vendas

    Visualizar perfil

Painel Administrativo

(Associados)

Esqueci minha senha

Faça seu login para ter acesso ao painel administrativo, podendo alterar suas informações de perfil.


Se você não é um associado, clique no botão abaixo e Cadastre-se. como associar

face

Endereço:

Rua Pinheiro Machado, 719
sala 205. Vacaria – RS

Telefone:

Regis (54) 99909-200

top